Dia Mundial Voz

Fonoaudiologia do Iamspe destaca importância de cuidar da voz durante pandemia

Comemorado neste 16 de abril, o Dia Mundial da Voz é uma oportunidade para um importante alerta: problemas na voz faz parte do rol de ‘vítimas’ graves da pandemia da Covid-19, quando necessário intubação ou traqueostomia.

Outro motivo é que o uso de máscara que obriga as pessoas a falarem mais alto e esse esforço contínuo pode prejudicar as cordas vocais, esclarece Juliana Santarosa, fonoaudióloga do Iamspe.  

Trata-se de uma nova preocupação que se acrescenta aos problemas tradicionais do outono e inverno como alergia, inflamações e infecções de garganta.

“A pandemia trouxe a necessidade de adaptação. A comunicação ficou prejudicada com o uso de máscara para se expressar no cotidiano e ainda em aulas, palestras e outros. Exige esforço vocal maior dentro da proposta de se fazer entender”, afirma a profissional.

Juliana destaca ainda que muitas pessoas do grupo dos pacientes que tiveram Covid-19 precisam de reabilitação vocal devido às complicações da intubação e traqueostomia.    

Para reduzir os problemas decorrentes do uso da máscara, a fonoaudióloga do Iamspe  recomenda que se fale olhando para o ouvinte, articulando bem as palavras para que sejam facilmente entendidas e evite falar em ambientes ruidosos.

Hábitos como manter-se hidratado, dormir bem e ter uma alimentação também refletem em uma voz saudável. O consumo de álcool, outras drogas e o tabagismo são sempre prejudiciais à voz, alerta.

A data também é uma oportunidade para destacar a importância de se procurar um profissional para investigar sinais de alerta como rouquidão, ardência, falhas e cansaço para falar por mais de 15 dias.