Dicas de verão

Iamspe dá dicas para enfrentar os dias quentes de verão

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) alerta para a baixa umidade do ar, que aumenta o risco das doenças respiratórias. Além das gripes e resfriados, o tempo seco também aumenta o número de casos de bronquite e pneumonias.

Nesta época também é comum a queixa de mal-estar e fraqueza, relacionados principalmente à desidratação e hipotensão. O principal sinal de alerta está no aparecimento de febre, tosse, coriza, espirros, dores no corpo e falta de ar.

A prevenção tem papel fundamental para evitar que os problemas se manifestem.

Cuidados simples como tomar bastante líquido, deixar as janelas abertas para favorecer a circulação de ar, optar por refeições mais leves e limpar a casa com panos úmidos para evitar acúmulo de pó, podem ajudar no desconforto com o calor.

Use roupas leves e evite sair nos horários nos quais o sol é mais intenso. Em casos de febre alta e persistente, presença de tosse e coriza por mais de cinco dias, falta de ar e dificuldade respiratória e dores que não desaparecem após o uso de analgésicos, é recomendável que se procure o atendimento médico.​​