Fila Zero PS

Proposta de Fila Zero no Pronto-Socorro do Iamspe é destaque nesse
início da Gestão Dória 

Agilizar o atendimento de emergência no Pronto-Socorro do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) é um dos objetivos do Programa Fila Zero, projeto do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) iniciado durante os primeiros 100 dias da Gestão Dória. 

Acompanhado por sua equipe, o superintendente do Iamspe, Wilson Pollara, fiscalizou o andamento da obra entregue neste mês de abril. A nova ala receberá agora equipamentos e mobiliário.  

O novo sistema prevê uma forma diferenciada de assistência no pronto-socorro do HSPE, com oferta de pronto-atendimento. O paciente, após passar por uma avaliação na sala de classificação de risco, é, conforme seu estado clínico, encaminhado diretamente para o atendimento de baixa complexidade ou de alta complexidade.

Essa mudança de fluxo – com a divisão do acolhimento – permite que um paciente com sintomas de doença de alta complexidade seja atendido rapidamente pelo médico especialista, sem ter de passar primeiro por um clínico geral, racionalizando a assistência para os casos mais graves.

Ao mesmo tempo, os pacientes com sintomas de doenças de baixa complexidade são encaminhados ao clinico geral, evitando que tenham de aguardar que os casos mais graves sejam priorizados na ordem de atendimento.

O Pronto-Socorro do Iamspe adota as regras do protocolo do Ministério da Saúde: a ordem de atendimento é definida pela complexidade de cada caso. Ou seja, independentemente da hora de chegada, um paciente menos grave sempre terá de esperar que o mais grave seja atendido primeiro.

Outra alteração ocorrerá nos exames de laboratório, cujos resultados serão imediatos, o que contribuirá para a resolubilidade do atendimento médico, diminuindo o tempo de permanência do paciente no hospital.