Hematologia

Casamento em enfermaria do HSPE emociona noivos e equipe da casa

A cerimônia aconteceu no último dia de maio, mês das noivas. E em um cenário mais que improvável – a enfermaria do Serviço de Hematologia do Hospital do Servidor Público Estadual. Foi assim que a paciente Margarida Rodrigues de Souza Filha realizou um sonho de mais de sete anos e casou com Francisco Borges de Oliveira Filho, seu companheiro há 22 anos e pai dos seus dois filhos: Victor, de 16 anos e Miguel, de 11 anos.

O casamento era para ter sido no cartório de Guarulhos, cidade em que Margarida mora, mas os problemas de saúde não deixaram. Desde 2018, a servidora, que trabalha no Poupatempo daquela cidade, trata um câncer no hospital e alterna períodos de internações e alta.

Em princípio, a cerimônia seria limitada à presença da juíza de Paz, mas, numa mostra de que a dedicação dos funcionários aos pacientes do HSPE ultrapassa os procedimentos clínicos, a equipe da Hematologia se mobilizou para deixar este dia especial.

O médico de Margarida, que entrou de férias no dia do casamento, assim como diversos profissionais do hospital que ocupam funções de assistente social, técnica de enfermagem e auxiliar de saúde, fizeram questão de participar do evento. Uma auxiliar de enfermagem, que nem estava de plantão no dia, saiu de casa especialmente para fazer a decoração, que teve direito a buquê de noiva improvisado e marcha nupcial tocada por um violinista cedido pela Capelania Evangélica que atua no hospital.

Margarida contou que nunca imaginou se casar dentro de um hospital tampouco receber uma acolhida diferenciada como a oferecida pela equipe de Hematologia. “Foi uma cerimônia tão linda, feita com tanto carinho. Muito melhor do que seria em um cartório”. “Todos os funcionários participaram. Foi emocionante. Um momento que ficará para sempre na minha vida”, concluiu.