Doença renal

Mutirão marca Campanha de Prevenção de Doenças Renais   

Centenas de pessoas participaram da Campanha para a Prevenção de Doenças Renais promovida pelo Iamspe na terça-feira, dia 12 de março, um dia antes da data oficial da comemoração ao Dia Mundial do Rim. O mutirão foi organizado pelo Serviço de Nefrologia do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) e teve por objetivo conscientizar a população sobre os riscos de desenvolver a doença

Segundo o médico Daniel Rinaldi, do Serviço de Nefrologia do HSPE e presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, estima-se que no Brasil existam 15 milhões de pessoas que não sabem que são portadoras da doença.

De acordo com ele, a doença renal crônica é caracterizada pela perda progressiva e irreversível das funções renais, e não há avisos ou sintomas de que o indivíduo esteja com a doença. “O grande problema é que a doença é silenciosa, e só se manifesta quando a pessoa já perdeu pelo menos 70% da função.’’

Durante o mutirão, os profissionais do hospital distribuíram material informativo, verificaram a pressão arterial, mediram a glicemia e fizeram exames de biopedância – que mostram a quantidade de gordura, músculo e ossos no corpo – , e também de urina para detectar sangue e proteína. Ao final dos exames, os pacientes passaram por consultas rápidas e receberam orientação médica.

Preocupado em informar os usuários sobre os riscos da doença, os profissionais do Serviço de Nefrologia também ministraram pequenas palestras durante o evento.