Retome cuidados contra a Covid-19

Covid-19: nova onda exige retomada das medidas de prevenção diante de subvariante da Ômicron  

Notícias de aumento no número de casos de Covid com menção de que poderia se tratar de uma nova onda da Covid-19 vem se espalhando pelo País. Identificada como subvariante da Ômicron BQ.1,o vírus está sob investigação epidemiológica dos órgãos estaduais e municipais. Essa subvariante vem sendo associada ao recente aumento de casos da doença na Europa e nos Estados Unidos. 

Boletim da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo divulgado na última quarta-feira, dia 8 de novembro, mostra que 25 dos 51 leitos de UTI Covid em operação nos hospitais municipais estavam ocupados. O dado corresponde a uma taxa de ocupação de 49%. 

O monitoramento da ocupação da rede hospitalar municipal registra que nas enfermarias, a taxa de ocupação é de 58%. Isso significa que 77 dos 132 leitos Covid em operação estão ocupados por pacientes com Covid. 

Diante deste cenário, a recomendação das autoridades sanitárias é que se retorne às medidas preventivas, além de manter em dia a vacinação contra Covid-19 das doses indicadas para cada grupo.   

Medidas necessárias: 

– Lavar as mãos com frequência utilizando água e sabão. Ou realizar a desinfecção com álcool a 70%; 

– Utilizar máscara sempre que sair de casa. Não tocar o rosto ou a máscara sem antes higienizar as mãos; 

– Manter a distância mínima de um metro de outras pessoas; 

– Evitar ambientes fechados e/ou aglomerados; 

– Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com a parte interna do cotovelo; 

– Não compartilhar itens de uso pessoal. Higienizar com frequência objetos de uso constante como celulares; 

– Manter os ambientes limpos e arejados; 

– Ao apresentar sintomas gripais, evitar o contato com outras pessoas e procurar atendimento médico para obter as recomendações necessárias.