Vacinação Covid-19: confira novo calendário e faixa etária para a dose de reforço

Covid-19: confira novo calendário e faixa etária para a dose de reforço

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo (Iamspe) disponibiliza a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 para adolescentes com idade entre 12 e 17 anos e a dose de reforço para idosos com mais de 85 anos, seguindo o calendário de imunização da Secretaria de Saúde de São Paulo.

No Posto de Vacinação do Iamspe, a ação vai ocorrer sempre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h, nas salas de vacina do Prédio da Integralidade na Avenida Ibirapuera, 1215, sendo esse acesso liberado somente para pedestres (o sistema drive-thru está desativado).

No ato da vacinação, é necessário apresentar o Cartão SUS ou número do cartão e documento oficial com foto. Para aqueles que tomarão a dose de reforço, é preciso ainda mostrar o comprovante de vacinação completo, isto é, com o registro da aplicação da segunda dose (ou dose única) há pelo menos 6 meses.

Confira abaixo como está o novo calendário de imunização, de acordo com o Governo do Estado Estado de SP:

Dose de reforço – a partir de 13 de setembro: Idosos com mais de 85 anos de idade – necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e comprovante de vacinação completo com as duas doses (ou dose única) aplicadas há pelo menos 6 meses;

Estão recebendo ainda a dose de reforço os seguintes grupos:

– Dose de reforço: Idosos com mais de 90 anos de idade – necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e comprovante de vacinação completo com as duas doses (ou dose única) aplicadas há pelo menos 6 meses;
Dose de reforço: Idosos acamados com mais de 60 anos de idade – necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e comprovante de vacinação completo com as duas doses (ou dose única) aplicadas há pelo menos 6 meses;
Dose de reforço: Idosos institucionalizados com mais de 60 anos de idade e funcionários com mais de 18 anos das ILPI, Centros de Acolhida Especial para Idosos (CAEI) e Programa de Assistência a Idoso (PAI) – necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e comprovante de vacinação completo com as duas doses (ou dose única) aplicadas há pelo menos 6 meses;
Dose de reforço: População indígena com mais de 18 anos – necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e comprovante de vacinação completo com as duas doses (ou dose única) aplicadas há pelo menos 6 meses.